sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Fragmentos de uma tábua cuneiforme em Israel


(foto Universidade Hebraica de Yoav Becher)

Fragmentos de uma tábua cuneiforme, que datam dos séculos 18a-17a aC foram encontrados na Universidade Hebraica de Jerusalém em escavações arqueológicas em Hazor, ao norte de Israel.


Pela primeira vez em Israel, um documento foi descoberto que contém um código de leis paralelas que porções do código de Hamurabi famoso. O código é escrito em fragmentos de uma tábua cuneiforme, que data do décimo oitavo ao décimo sétimo séculos aC, na Idade do Bronze, que foram encontrados na Universidade Hebraica de Jerusalém escavações arqueológicas neste verão em Hazor, no norte de Israel.

As escavações Hazor, conhecida como a Fondation Selz Hazor Escavações em memória de Yigael Yadin, estão sob a direção do Prof Amnon Ben-Tor e Dr. Sharon Zuckerman, da Universidade Hebraica Instituto de Arqueologia. Escavações anteriores foram dirigidas ao site pelo falecido Prof Yigael Yadin em 1950 e 1960.

Os fragmentos que já foram descobertos, escrito em escrita cuneiforme acádia, referem-se às questões de direito relativas a danos pessoais escravos e senhores, trazendo à mente leis similares no famoso Código de Hammurabi da Babilônia do século 18 aC que foram encontradas no que é agora o Irão mais de 100 anos atrás. As leis também refletem, em certa medida, as leis bíblicas do tipo de "dente por dente", dizem os pesquisadores...

Veja mais detalhes em http://www.israella.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário